Recuperação de espaços contaminados

Recuperação de espaços contaminados

Desde o início da sua atividade, a INTECO ASTUR destacou-se sempre pelo seu compromisso com o desenvolvimento sustentável e pela conservação e proteção do ambiente natural. De facto, a sua política ambiental caracteriza-se por uma constante atualização das suas práticas, através da incorporação dos principais avanços tecnológicos e da aplicação das novas conceções do ambiente.

Nos estudos de investigação de contaminação, não basta detetar a presença de contaminantes, mas também devem ser definidos os máximos níveis admissíveis. Além disso, devem ser analisados eventuais fatores que possam influir na resposta das diferentes matrizes (solo: zona saturada e não saturada, água superficial e subterrânea, ar, sedimento) aos agentes contaminantes, como são: vulnerabilidade, poder de amortecimento, mobilidade, biodisponibilidade, persistência e carga crítica.

Concebemos diferentes projetos relacionados com a Recuperação de Ambientes Poluídos para diferentes tipos de contaminantes, entre os quais se encontram:

  • Fingerprinting: técnica de caracterização de combustíveis ou derivados.
  • Investigação de ambientes poluídos: investigação preliminar, reconhecimento da localização, investigação exploratória e pormenorizada, conceção de medidas de recuperação, conceção de Plano de Controlo e Vigilância Ambiental (PCVA).
  • Caracterização e Avaliação da Contaminação: espacial e temporal, em função do tipo de poluente, modelização de migração de poluentes, conceção da amostragem (fase líquida, zona não saturada: água intersticial e fase gasosa do solo, solo, águas subterrâneas…).
  • Aplicação de medidas recuperadoras utilizando para o tratamento a melhor solução técnica disponível: biorremediação, bioaumentação, landfarming, oxidação química, lavagem de solos, dessorção térmica, vitrificação…
  • Conceção de medidas preventivas e corretoras em diferentes localizações.
  • Análise Qualitativa e Quantitativa de Riscos (ACR).
  • Estudos Hidrogeológicos.
  • Estudos de Biotratabilidade.
  • Estudos de Restauração Paisagística.
  • Planos de Saúde e Segurança.

Leave a Reply