Simulacros

Os simulacros de emergência são imitações ou representações de eventuais situações de risco, emergência ou desastre que precisam de uma ação imediata.

Simulacros

Os simulacros de emergência são modelagem de eventuais situações de risco, emergência ou desastre que precisem de uma ação imediata.

Nestes simulacros, procura-se reproduzir, de uma maneira fictícia, as dificuldades existentes numa situação real, quer seja causada por um incêndio, uma inundação ou uma emergência ambiental, entre outros acontecimentos.

São também conhecidos como exercícios ao vivo e variam desde exercícios à pequena escala, que analisam algum componente da resposta, como uma evacuação, até exercícios à escala completa, em que é avaliada toda a organização que responde a uma ocorrência. Oferecem o único meio de examinar a fundo as atuações fulcrais para manejar os recursos disponibilizados.

A utilidade dos simulacros pode ser avaliada com relação a três abordagens: relativamente às pessoas que participam, relativamente às instalações em que são realizados, e relativamente às operações, procedimentos ou protocolos que são aplicados.

Os simulacros ajudam a melhorar o conhecimento das instalações, o conhecimento das vias de evacuação e as possíveis saídas, a sensação de que o tempo de que se dispõe não é suficiente, a confiança nas pessoas de serem capazes de se enfrentar a uma situação de emergência sem perder o controlo nem entrar em pânico, e a sensação de segurança ao conhecer quais são as medidas tomadas pelos responsáveis para salvaguardar a segurança.

Simulacros
INFORMACIÓN IMPORTANTE SOBRE COOKIES

Este portal web utiliza cookies propias y de terceros para recopilar información que ayuda a optimizar su visita. Las cookies no se utilizan para recoger información de carácter personal. Usted puede permitir su uso o rechazarlo, también puede cambiar su configuración siempre que lo desee. Dispone de más información en nuestra Política de Cookies.

Aceptar cookies Modificar su configuración